domingo, 18 de setembro de 2011

Praia @Baucau

Beach @Baucau, originally uploaded by Cardoso Amaral.

A última fotografia do álbum " East Timor" by Dulce Cardoso.

Baucau, Timor Leste

Reportagem @Ataúro

Na Ilha de Ataúro efectuava-se uma reportagem sobre a ilha timorense. Na realidade um local turístico de interesse e ainda pouco explorado sob a perspectiva turística.

Ilha de Ataúro, Timor Leste.

terça-feira, 12 de julho de 2011

Redes de Pesca

Redes de Pesca by FOTOGRAFIA com FUTURO
Redes de Pesca, a photo by FOTOGRAFIA com FUTURO on Flickr.

A pesca artesanal ainda continua a ser uma das principais actividades de subsistência dos timorenses. Nesta árvore à beira mar estão guardadas as redes de pesca para uma faina futura.

Ilha de Ataúro, Timor Leste

domingo, 10 de julho de 2011

sábado, 9 de julho de 2011

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Arroz

Arroz by FOTOGRAFIA com FUTURO
Arroz, a photo by FOTOGRAFIA com FUTURO on Flickr.

Arroz. Modo de confeccionar o arroz. O arroz assim cozido é óptimo para levar para pic-nis ou para se comer à mão. Além de ser uma maneira prática de cozer o arroz, fica óptimo para comer sem talheres.

Timor Leste.

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Cocos

Cocos by FOTOGRAFIA com FUTURO
Cocos, a photo by FOTOGRAFIA com FUTURO on Flickr.

O Coco é um fruto muito importante na alimentação timorense. Devido às suas características, é um fruto completamente aproveitável. A sua polpa serve de alimento, e a água como bebida refrescante, rico em potássio e sais minerais, é um excelente diurético e a sua água pode ser utilizada no combate à desidratação. Até a sua casca tem diversos usos, alguns já vimos ou poderemos ver noutras fotografias neste blogue.

Ilha de Ataúro, Timor Leste

sábado, 2 de julho de 2011

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Apanhando algas

Apanhando algas by FOTOGRAFIA com FUTURO
Apanhando algas, a photo by FOTOGRAFIA com FUTURO on Flickr.

Na ilha de Ataúro, em Timor Leste, um timorense no seu barco apanha algas do mar. Em Timor as algas tem uma importância económica enorme, além de servirem de alimento algumas pelas suas propriedades únicas nesta região são aproveitadas para a indústria de cosméticos e para a indústria farmacêutica.

Ilha de Ataúro, Timor Leste

terça-feira, 28 de junho de 2011

Tormenta

Tormenta by FOTOGRAFIA com FUTURO
Tormenta, a photo by FOTOGRAFIA com FUTURO on Flickr.

As águas quentes de Timor Leste provocam muitas vezes este fenónemo, que dão origem a ventos fortes e chuvas torrenciais. As mudanças climáticas também se faz sentir em Timor e são cada vez mais frequentes estes fenómenos.

Dili, Timor Leste

domingo, 26 de junho de 2011

A Janela

The Window, originally uploaded by Cardoso Amaral.

Pousada de Baucau, Baucau, Timor Leste.

terça-feira, 21 de junho de 2011

Abrigo de Pesca

Abrigo de Pesca by FOTOGRAFIA com FUTURO
Abrigo de Pesca, a photo by FOTOGRAFIA com FUTURO on Flickr.

A pesca artesanal ainda continua a ser uma das principais actividades de subsistência dos timorenses. Este é um abrigo onde estão guardadas as redes e outros artefactos de pesca para uma faina futura.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Redes de Pesca

Redes de Pesca by FOTOGRAFIA com FUTURO
Redes de Pesca, a photo by FOTOGRAFIA com FUTURO on Flickr.

A pesca artesanal ainda continua a ser uma das principais actividades de subsistência dos timorenses. Nesta árvore à beira mar estão guardadas as redes de pesca para uma faina futura.

Dili, Timor Leste

domingo, 19 de junho de 2011

Pousada de Baucau

Baucau Lodge, originally uploaded by Cardoso Amaral.

Baucau, Timor Leste

Nesta pousada, em Baucau, são notórias as influências colonialistas portuguesas na sua construção.

sábado, 18 de junho de 2011

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Diversão à beira mar

Em Timor Leste o que parece ser uma brincadeira de crianças à beira mar, é na realidade a busca por algum animal que possa servir de alimento. Uma forma das crianças brincarem é a procura por algo que as ajude a crescer.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Apanha do Marisco

Uma família timorense, em Dili, na apanha do marisco. Usualmente para consumo próprio ou para pequeno comércio, tentando vender de forma artesanal aos "malaes" (estrangeiros) de forma a ganharem algum sustento para a família. Neste caso e por ser final do dia a apanha destinava-se sobretudo ao
consumo próprio. As desigualdades sociais aprofundam-se, princpalmente entre o staff da ONU e os habitantes locais.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Chegaram!

Arrived!, originally uploaded by Cardoso Amaral.

Ilha de Ataúro, Timor Leste

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Canoa Taxi

Taxi Boat, originally uploaded by Cardoso Amaral.

Ilha de Ataúro, Timor Leste

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Apanha do marisco

Uma família timorense, em Dili, na apanha do marisco. No tempo da ocupação indonésia, esta actividade fazia-se à noite de forma a não serem notados pelas tropas indonésias. Esta apanha continua a fazer-se a pé, agora de dia, e na sua maior parte para consumo próprio ou para tentar vender de forma artesanal aos "malaes" (estrangeiros) de forma a ganharem algum sustento para a família. Foi um hábito que ficou de quando a comia escasseava.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Bar de Praia

Bar de Praia by FOTOGRAFIA com FUTURO
Bar de Praia, a photo by FOTOGRAFIA com FUTURO on Flickr.

Nas praias de Dili encontram-se alguns bares de praia, que foram sendo construídos. São normalmente frequentados pelo "staff" das Nações Unidas que se encontram no território. A maior parte destes bares ou são geridos por estrangeiros ou por timorenses que regressaram a Timor.

terça-feira, 7 de junho de 2011

Guerrilheiro

Guerrilheiro by FOTOGRAFIA com FUTURO
Guerrilheiro, a photo by FOTOGRAFIA com FUTURO on Flickr.

Os "grafities" também dão um colorido à cidade de Dili, em Timor Leste. Aqui as mensagens dos "graffiters" têm muito a haver com luta pela auto-determinação do povo timorense. Nesta imagem está retratado um guerrilheiro timorense.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Cristo Rei

Cristo Rei by FOTOGRAFIA com FUTURO
Cristo Rei, a photo by FOTOGRAFIA com FUTURO on Flickr.

Os "grafities" também dão um colorido à cidade de Dili, em Timor Leste. Aqui as mensagens dos "graffiters" têm muito a haver com luta pela auto-determinação do povo timorense, mas também com a religião. Nesta imagem está retratado um dos monumentos que ficaram da ocupação indonésia, o Cristo Rei de 27 metros...

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Criança Timorense

East Timorese Child, originally uploaded by Cardoso Amaral.

Ilha de Ataúro, Timor Leste

Domin mai ita rai Timor

Domin mai ita rai Timor, upload feito originalmente por FOTOGRAFIA com FUTURO.

Os "grafities" também dão um colorido à cidade de Dili, em Timor Leste. Aqui as mensagens dos "graffiters" têm muito a haver com luta pela auto-determinação do povo timorense.

domingo, 1 de maio de 2011

Dili's Rock

Dili's Rock, upload feito originalmente por FOTOGRAFIA com FUTURO.

Este bonito spot de mergulho fica à saída de Dili, na estrada para Liquiçá. Aqui pode-se fazer um mergulho a partir de costa facilmente e descer gradualmente até aos 20 metros de profundidade, onde será envolvido pelas bonitas formações de coral e vida marinha colorida. Este é também um excelente spot para mergulho nocturno.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Salinas

Salinas, upload feito originalmente por FOTOGRAFIA com FUTURO.

Um dos produtos minerais muito importantes na economia de Timor é o sal. Há aldeias que se dedicam completamente à extracção do sal, sendo este depois comercializado nos mercados.

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Campo de Futebol

Campo de Futebol, upload feito originalmente por FOTOGRAFIA com FUTURO.

A organização futebolística em Timor é quase nula e, com a excepção de um ou dois clubes em Dili e Baucau (a segunda maior cidade), praticamente não existe futebol organizado. Aliás, imagino qual será o trabalho da grande FFTL – Federação de Futebol de Timor Leste, e seus assessores. Timor tem um Secretário de Estado do Desporto, mas ...
A seleção timorense jogou uma pré-pré-pré-eliminatória da Copa do Mundo (e foi massacrada em dois jogos), e quase foi suspensa também da AFC (Asian Footbal Confederation, a UEFA da Ásia) por não participar em outras competições oficiais há mais de dois anos. Não existem em Timor, estádios de futebol com condições de receber jogos oficiais, e, quando a seleção timorense joga, vai sempre à casa do adversário ou joga em campo neutro (veja a página da selecção timorense no site na FIFA).

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Pescador

Pescador, upload feito originalmente por FOTOGRAFIA com FUTURO.

Curiosamente apesar de Timor Leste ser uma ilha, apenasuma infíma parte da população se dedica a estas artes, a maior parte na ilha de Ataúro. Este pescador encontreio-o no caminho de Dili para Liquiçá.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Casa de Típica Timorense

Casa de Típica Timorense, upload feito originalmente por FOTOGRAFIA com FUTURO.

As casas tradicionais timorenses são consideradas e encaradas como indicador da sua identidade cultural. Essas construções típicas variam de um distrito para outro, assim como a casa típica de Bobonaro é diferente a do Cova-lima, em termos do modelo arquitectónico, as decorações e materiais para as suas construções.
A sua construção necessita apenas da arte e das convenções culturais de uma determinada comunidade. Cada construção tem a sua característica que marca os seus habitantes ou a clã duma determinada comunidade.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Sempre com Portugal

Sempre com Portugal, upload feito originalmente por FOTOGRAFIA com FUTURO.

Em 1520, os Portugueses atracaram em Timor, em busca da madeira de sândalo. Aí permaneceram por mais de 400 anos, dividindo a ilha com os holandeses. Os séculos de regulamentação portuguesa foram séculos durante os quais os recursos de Timor-Leste - sândalo e, mais tarde, café - eram canalizados para o desenvolvimento de Portugal, tanto quanto da própria ilha. Todavia, apesar de Timor-Leste parecer subdesenvolvido aos olhos ocidentais, possuía uma economia de base comunitária extremamente desenvolvida, a qual respondia às necessidades de todos na sociedade. Sob o domínio português, a organização da aldeia permaneceu imperturbável...
Os primeiros portugueses a instalarem-se definitivamente eram missionários que vinham de longe com o intuito de espalhar a fé cristã. E apesar de os timorenses acreditarem num único deus, Marômac, e de terem resistido à influência de outras religiões, nomeadamente a hinduísta e a muçulmana, muitos converteram-se ao cristianismo e baptizaram-se.
Portugal aguentou Timor-Leste tanto tempo quanto possível, não obstante as revoltas frequentes, mas em 1974 os portugueses travaram uma batalha em casa. A "velha guarda", que tenazmente segurava as colónias do Império Português, foi destronada e os novos líderes estavam desejosos de deixar falar a independência. Em apenas alguns meses, três grandes partidos haviam eclodido em Timor-Leste, cada qual com diferentes plataformas. A UDT (União Democrática Timorense) manifestou o desejo de continuar filiada em Portugal; a FRETILIN (Frente Revolucionária para um Timor Leste Independente), advogando o socialismo e reformas democráticas; a APODETI, contendo algumas centenas de membros que queriam a integração na Indonésia.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Batata Europa

Batata Europa, upload feito originalmente por FOTOGRAFIA com FUTURO.

À batata comum europeia, normalmente por nós conhecida apenas como batata, os timorenses chamam-lhe "Batata Europa", contingências do facto de estarmos na Àsia.
Na falta de uma balança e para facilitar as trocas comerciais os produtos eram vendidos às doses.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Folhas de Tabaco

Folhas de Tabaco, upload feito originalmente por FOTOGRAFIA com FUTURO.

No litoral sul e nalguns pontos da costa norte cultiva-se o tabaco em extensos campos cercados. Nos bazares semanais os agricultores vendem grandes quantidades de tabaco em sacas ou em pequenas porções.

Arroz

Arroz, upload feito originalmente por FOTOGRAFIA com FUTURO.

O arroz é o principal alimento de 60% da população Timorense e constitui uma das formas mais promissoras para solucionar o problema alimentar de Timor-Leste com um aproveitamento intensivo das várzeas e planícies costeiras para a sua cultura.
A agricultura tem um papel chave no desenvolvimento e progresso social de Timor-Leste já que ela ocupa e sustenta a maior parte da população.
Para desenvolver a orizicultura de Timor-Leste é necessário investir em infraestruturas, tais como: meios de transporte, sistemas da rede de irrigação, tractores, facilidade de acesso aos adubos, melhoria no processamento pós-colheita, embalagens para o transporte e armazenamento adequado.
A introdução da cultura de arroz em Timor-Leste não está exactamente datada. Quando no princípio do século XVI, os portugueses chegaram a Timor, encontraram na ilha uma civilização da Idade do Ferro. Os timorenses viviam da agricultura e criação de gado bem como da recolha de alguns produtos florestais. Cultivavam-se cana doce, laranjas, limões, amêndoas, inhame, bananas, milho e arroz.

terça-feira, 5 de abril de 2011

Grão

Grão, upload feito originalmente por FOTOGRAFIA com FUTURO.

Em termos agrícolas, podemos citar várias espécies de frutas, tubérculos e grãos existentes em Timor-Leste e que são
bastantes conhecidas nas regiões ocidentais de clima tropical:
- Frutas: manga, banana, laranjas, ananás, limão, côco, fruta-pão, jaca, jambo, cana-de-açúcar;
- Vegetais e tubérculos: Abóbora, beringela, inhame, mandioca*, batata doce, batata Europa*;
- Grãos: Arroz, amendoim, feijões, milho*, café*;
* Produtos introduzidos na cultura timorense por portugueses. Havia milho em Timor, mas os navegadores
portugueses introduziram o milho cultivado no Brasil, pois eram de melhor qualidade.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011